sexta-feira, julho 20, 2007

o meu parto (post longo!)

vamos la ver se me lembro de como se passou o dia do nascimento da MATILDE.
no sabado 7/07/2007 fomos ver o nosso amiguinho matéo,porque ja que a menina nao se decidia porquê ficar em casa?!entao la fomos e acabamos por jantar la e tudo,todos me diziam que ja estava perto e até a avo do matéo me disse "nao passas deste fim de semana,tens cara de quem vai ter o periodo!!"
chegamos a casa por volta das 0h45,deitei me quase logo.
eram para ai 4h da manha tive uma contracçao a doer e senti algo a correr,fiquei humida,levantei me e fui a casa de banho,mas voltei a deitar me.passados uns minutos voltou a correr depois de outra contracçao,ai chamei pelo filipe dizendo lhe que nao achava normal e ele disse logo para irmos para o hospital.levantei me,fui tomar um duche,bebi leite com chocolate e um sumo(havia era de ter comido muito...)e fomos para a maternidade.eram 5h30 quando la chegamos.
fui examinada e disseram que era uma pequena ruptura da bolsa e que me guardavam porque havia risco de infecçao.puseram me logo a soro e antibiotico.fui para a sala de pre-parto,puseram me o ctg e fiquei ali a espera das contracçoes.o filipe foi acabar a noite no carro...
as contracçoes começaram a ser regulares a disseram me que tinha de esperar que se liberasse uma sala de partos porque tinha sido uma noite em cheio e estava tudo ocupado.devia ter tido a epidural as 10h30 mas so a tive as 12h.
depois de ter ido para a sala e me porem a anestesia chamamos o filipe.
o meu colo estava a 4 dedos.
depois foi esperar,esperar,até o colo abrir.
pouco depois,eram para ai 14h30 estava a seis.a parteira disse que la para as 17h a matilde estaria ca.
mas pouquinho depois ja estava a dez.ai era so esperar que a bebe descesse,deitaram o mais possivel para facilitar a descida.
chegaram entao duas medicas,duas parteiras,o anestesista e explicaram me como se iria passar o parto,sabendo que nao tomavam riscos e que se houvesse algum problema era logo direcçao ao bloco.
la me instalaram numa posiçao muito bizarra e comecei a puxar,num instante o rabinho da matilde saiu,depois as perninhas,o corpinho,eu sentia a menina a sair,era incrivel e estava cheia de coragem,tudo muito bem e rapido até à cabecinha,esta ficou presa,nao na bacia como receavamos mas na vagina(estranho),ai a medica começou a pedir o pediatra e logo depois os forceps.seguravam a minha menina pelas perninhas,eu apenas via o seu rabinho virado para mim,eles puxavam mas ela nao saia,entao utilisaram os forceps e logo que a tiraram cortaram o cordao e levaram na a correr,a menina estava azul.eu comecei aos berros a pedir a minha filha e ninguem me dizia nada.poucos segundos depois vieram me dizer para eu escutar que ela estava a chorar mas eu nao ouvia nada e continuava chamando por ela,o filipe coitadinho do meu amorzinho,la tentava me acalmar mesmo querendo ele tambem gritar...foi entao que vi chegar a minha matilde a chorar,puseram na em cima de mim por dentro da minha camisa e eu contente mas cheia de medo que lhe acontecesse algo mais.depois comecei a sorrir aos poucos beijando a minha menina e orgulhosa de a ter enfim no meu colinho.

7 comentários:

rute29 disse...

Correu tudo mesmo bem , que belo relato !!
Parabéns pela tua força de vontade , penso que facilitou muito !!
Ela é linda!!!!
beijinhos!!!

Sofia e Beatriz disse...

:)))
E agora tens a tua bolachinha bem juntinha a ti:)))))
Beijinhos Nossos

M&M disse...

Que coragem tiveste!
Espero que a minha piolha se mantenha na posição cefálica até ao nascimento... Parabéns pela tua coragem!

Foi um parto bonito, apesar do susto, mas o balanço é muito positivo! Deve ser algo inexplicável o primeiro contacto com os nossos bebés!

Beijinhos grandes para essa família, mais completa, mais feliz!
Mariana e Eva

http://blogs.portaljunior.com/MM

Mariana disse...

Grande relato... eu não sei se arriscava num parto pélvico... A minha picurrucha tb está sentada e eu estou a rezar e a fazer posições estranhas para ver se ela se vira...

beijoka
Mariana (www.coisasdemae.eu)

Cristina disse...

Eu não tinha arriscado um parto assim, mas fico muito feliz por saber que tudo correu bem!! Já agora também vou ter uma Matilde!!

Beijos

Monografia_Pai disse...

Olá!

Muitos parabéns pelo vosso bebé:)

Ainda não sou pai, mas espero que não falte muito! Depois de ver estes blogs ainda aumento mais essa vontade…

O meu nome é Gonçalo Coelho, sou aluno finalista do curso de Psicologia no ISPA, em Lisboa. Venho desta forma pedir a vossa colaboração no trabalho de final de curso que estou a realizar, cujo tema é "O pai na gravidez e no puerpério". A supervisão do trabalho está a cargo do Mestre Luís Sousa Ribeiro. Este tema aborda a experiência que o homem vive durante a gravidez e os primeiros meses de vida do(a) filho(a). Deste modo, o meu trabalho dirige-se a pais (apenas homens) que tenham um filho com poucos meses de idade, o que a julgar pela informação no bolg corresponde à sua situação . A sua participação envolve apenas o preenchimento de dois questionários, os quais poderei enviar por mail. Basta-lhe preenchê-los e reenviá-los para mim já preenchidos.
Se o pai está disposto a participar, envie o seu "Sim" para monografia_pai@hotmail.com. Uma vez recebida a sua confirmação, procederei ao envio dos dois questionários.

Nota: Todos sabemos da importância e do valor da mãe junto dos filhos, mas o que o pai vive e sente durante a gravidez e os primeiros meses de vida do filho continua por responder na íntegra. Muitas vezes assistimos ao esquecimento do pai. Como tal, este é um tema pouco estudado na Psicologia, pelo que a sua participação será de enorme valor!

Certo da sua colaboração, desde já lhe endereço os meus sinceros agradecimentos!
Gonçalo Coelho

neusa disse...

Amiga mas no fim valeu a pena tens aí a tua piolha linda faz diferença da minha 10 dias certos beijokas para as duas:)