quinta-feira, fevereiro 10, 2011

é tao triste

...uma pessoa fica sem palavras...

como é possivel uma situaçao destas?

ao ver o telejornal de portugal,vejo o caso da senhora idosa com 80 anos que ficou em casa 8 anos morta...e a vizinha que alertou a policia,e conseguiu contactar um sobrinho,e tal,mas porque raio nao arrombaram a porta da senhora?se calhar até teriam conseguido salva la...mas porra...

e o homem com 31 anos que ficou 7 anos morto tambem?este nao tinha amigos,serà que "pensaram" que ele imigrou sem dizer nada,nao acredito...

moramos num predio de tres andares,somos quatro proprietarios,e a nossa vizinha do rez do chao,tem quase 80 anos e mora sozinha.de vez em quando telefona porque quer saber as horas,outra vez porque quer que lhe và buscar o correio...telefona para perguntar como vao a matilde e o gabriel simplesmente.

na semana passada telefonou uma dezena de vezes num espaço de duas horas:queria saber as horas,que lhe fosse dar uma garrafa de agua,depois um copo,depois um comprimido...

até que decidimos telefonar à filha para que fosse ajudar a maezinha porque ela nao se conseguia levantar do sofà.a senhora està obesa...e nao podia ficar assim sozinha num domingo.à semana tem quem và là todos os dias para limpar a casa,fazer compras,e todo o necessario mas naquele domingo nao ia là ninguem,e a senhora estava a precisar de ajuda.nao sei se ela ouviu a nossa mensagem...

nos saimos à tarde.
quando regressamos à noitinha,tinha uma ambulancia dos bombeiros em frente ao predio.vieram buscar a senhora porque recebeu a visita do filho e este decidiu que a maezinha nao podia ficar ali sozinha,sem se poder mexer.

eram quatro bombeiros mas tiveram de chamar "reforço" porque nao podiam levantar a senhora...e là foram...

agora sabemos que a senhora està em boas maos!
porque muitas vezes comentamos que isto que aconteceu em portugal pode acontecer à nossa vizinha,mas uma coisa é certa,nao ficarà tanto tempo ali so...

1 comentário:

efilipe disse...

Este post tocou-me pessoalmente porque sou bombeira e são muitas as vezes que vamos buscar senhoras a casa para levar ao hospital, mas que sofrem é de solidão. A família liga-nos, inventa doenças e lá vamos nós. Nos idosos é fácil ficarmos com dúvidas: há sempre dores, há sempre muitos medicamentos em casa e sofrem de várias doenças e, por isso, lá os levamos para a urgência. Mas às vezes, também acontece como essa senhora que morreu sem ninguém - a não ser uma vizinha - se preocupar, sem sentirem a sua falta, sem fazerem nada. Às vezes, não conhecemos quem vive no nosso prédio, se precisará de ajuda, se têm quem os visite. Havia uma senhora que nos ligava porque queria tomar a medicação e não sabia, porque queria falar, porque queria simplesmente que lá fossemos a casa... Fomos lá várias vezes, ouras passámos para a GNR, tentámos a Assistente Social... ela já não nos liga, porque entretanto faleceu.